Como a atividade física pode ajudar no tratamento psiquiátrico?

 12/02/2019

Como a atividade física pode ajudar no tratamento psiquiátrico?
Outro aliado no tratamento dos transtornos psiquiátricos é a atividade física. Durante a prática de exercícios, nosso corpo libera neurotransmissores que dão sensação de prazer e bem-estar, como a endorfina e serotonina, auxiliando a combater os sintomas de algumas doenças da mente.

No tratamento psiquiátrico, ela deve fazer parte de um tratamento multidisciplinar contra a doença, associada a medicamentos e terapias. Na Porto Seguro ela tem sido usada, principalmente, no tratamento de pacientes dependentes químicos e com depressão.

Com a ajuda de uma educador físico, os pacientes realizam atividades esportivas aeróbicas, como voleibol, futsal, basquetebol, além de caminhadas, ginástica, tênis de mesa, gincanas, e participam ainda de palestras de qualidade de vida.

As atividades tem impacto na normalização dos níveis de áreas da atenção, memória e controle motor; no controle da ansiedade; na melhorara da qualidade de vida e do humor; na força e resistência muscular; e no controle da compulsão e do estresse.


  Voltar