27 de Agosto – Dia do Psicólogo

 27/08/2021

27 de Agosto – Dia do Psicólogo

O Dia do Psicólogo é comemorado hoje! A data foi escolhida porque a regulamentação dessa profissão aconteceu em 27 de Agosto de 1964.

Qual a importância desse dia?
Em um mundo cada vez mais acelerado e cheio de incertezas, muitas vezes, as pessoas sofrem e adoecem em decorrência de problemas psíquicos.

Ansiedade, depressão e síndrome de burnout estão entre as doenças que exigem muita atenção de um psicólogo. Porém, não é preciso e muito menos recomendado procurar um psicólogo apenas quando a situação estiver nos piores dias.

Se você deseja entender melhor o seu dia a dia - profissional ou pessoalmente - e compreender-se melhor como ser humano, também pode buscar a orientação desse profissional.

Quem pode procurar um psicólogo?
Esse profissional é indicado para TODAS AS PESSOAS, sem nenhuma restrição. Pessoas que possuem insatisfação em qualquer âmbito! Seja profissional, pessoal, amoroso ou financeiro, por exemplo.

Crianças, adultos ou idosos que possuam doenças não diagnosticadas, problemas de relacionamento ou emoções à flor da pele… Esses são alguns exemplos dos casos em que se faz necessário procurar um psicólogo.

O acompanhamento solucionará as pendências emocionais, resultando em uma vida mais leve, plena e consequentemente, mais feliz.

Como o psicólogo vai conseguir ajudar?
O psicológico consegue detectar traumas, medos e receios que podem desencadear muitas situações, além de uma vida frustrada.

Você pode estar se perguntando: Qual o objetivo de ir ao psicólogo?. A resposta é simples e muito objetiva: Você deve ir ao psicólogo porque esses profissionais lhe ajudarão a superar situações difíceis ou problemáticas.

Esse é um profissional que busca entender os comportamentos e as funções mentais de cada ser humano.

Ele aplica seus conhecimentos científicos para compreender cada pessoa, de maneira única, atuar no tratamento, na prevenção de doenças mentais e melhorar sua qualidade de vida.

Chega de tabu, afinal todos enfrentam problemas!
Em certas fases da vida, haverá períodos de luto ou tristeza profunda. Isso é normal até o momento em que não damos mais conta de lidar com esses sentimentos sozinhos. A partir desse momento, não restarão mais dúvidas que a hora de buscar ajuda chegou.

Assim como em diversas áreas da saúde, na psicologia, quanto mais cedo busca-se a ajuda profissional, mais cedo a causa do problema é descoberta e é possível resolvê-lo mais facilmente, sem tantas complicações.

Mesmo com todas as informações que temos hoje em dia, muitas pessoas ainda deixam de procurar ajuda por conta de velhas crenças onde falava-se que terapia é algo de gente louca ou sinal de fraqueza.

Esse tipo de preconceito só gera atraso na resolução de questões fundamentais para uma vida mental saudável e equilibrada.

Sinais percebidos em pessoas que podem estar precisando da ajuda:


  1. Traumas não superados
    Luto, perda do emprego ou separação. Para muitos, esses acontecimentos podem ser apenas consequências do dia a dia, mas para outras pessoas essas situações podem identificar a quebra de uma vida saudável, para uma rotina sem sentido ou direção. Muitas vezes essas pessoas não pedem algum tipo de ajuda. Alguns acreditam que essa dor vai embora sozinha, mas muitas vezes não é o que acontece.

    Por exemplo, a morte de um ente querido pode atrapalhar a nossa rotina e até mesmo fazer com que nos distanciamos de amigos. Caso perceba essa situação com você ou com alguém próximo, esse é o momento de procurar ajuda para compreender melhor o que está acontecendo.

    Para as situações de luto, vale ressaltar que algumas pessoas reagem de uma forma oposta. Procurando incessante os amigos e enfrentando problemas para dormir.  Forçando muito a tentativa de superação do problema!

    Os amigos, colegas de trabalho e familiares podem notar padrões em nossos comportamentos que muitas vezes não identificamos. Pode ser por estarmos mal emocionalmente ou por conta de algum fator que causa estresse em nossos cotidianos.

    Por isso, se mais de uma pessoa próxima notar algo diferente no seu comportamento e comentar sobre isso, é importante considerar o alerta com o seu bem estar como um sinal de que algo não anda bem com o seu lado emocional.

  2. Descontrole emocional
    Sabe aquela sensação de que tudo está perdido? Tem gente que deixa-se dominar por ela, acreditando que as coisas nunca mais vão dar certo.

    Essas pessoas estão em uma constante situação de estresse, pressão e angústia. E o descontrole das emoções e sensações pode ser uma demonstração para algo muito mais profundo.

    É necessário ficar atento ao catastrofismo, ou seja, um desafio que possa vir a surgir de repente, vira um tremendo pesadelo e a pessoa só consegue pensar e enxergar o pior naquela situação.

    Esse é um forte sinal de que há a necessidade de ajuda profissional.


  3. Afastamento de atividades prazerosas
    Se os encontros com a família, amigos, idas ao cinema, tomar um café, conhecer um lugar diferente ou simplesmente passear com o cachorro - estão perdendo a graça, pode ser um forte sinal de que algo está errado!

    Atividades que antes eram prazerosas e agora parecem não fazer mais sentido, é um exemplo de que a terapia com um psicólogo poderá ser útil para que você reencontre o que te faz feliz e te ajude a clarear melhor as suas ideias.


Procurar ajuda não é vergonha!

É muito importante procurar o apoio de um psicólogo quando você desconfiar de algum dos problemas citados acima. O profissional irá te auxiliar para que você consiga encarar cada situação.

------------------------------------------------------------
Hospital Psiquiátrico Porto Seguro
Agende uma consulta:
41 3019-1234 ou clique aqui



  Voltar