10 de Outubro - Dia Mundial da Saúde Mental

 10/10/2021

10 de Outubro - Dia Mundial da Saúde Mental


Desde o ano de 1992 o dia 10 de outubro foi instituído pela Federação Mundial de Saúde Mental com o intuito de demonstrar a importância de cuidarmos da nossa saúde mental.

Tivemos muitos avanços, quebramos muitos preconceitos, porém, ainda temos muito o que evoluir, no que diz respeito, ao cuidado com a nossa mente, pois, assim como um adoecimento físico, qualquer alteração mental, quando não tratada pode resultar em morte precoce.


Saúde Mental não é brincadeira!O tema é tão sério que os números falam por si:

  • Aproximadamente 1 bilhão de pessoas vivem com um transtorno mental;
  • Aproximadamente 3 milhões de pessoas morrem todos os anos devido ao uso nocivo do álcool e;
  • Uma pessoa morre a cada 40 segundos por suicídio, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A importância da saúde mental para o bem-estar

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que o conceito de saúde é bem mais abrangente que a simples ausência de doença: é um completo estado de bem-estar físico, mental e social e, dessa forma, merece atenção em todas as suas vertentes.

Assim como a física, a saúde mental é uma parte integrante e complementar à manutenção das funções orgânicas. Nesse contexto, a promoção da saúde mental é essencial para que o indivíduo tenha a capacidade necessária de executar suas habilidades pessoais e profissionais.

Mitos e verdades que envolvem a saúde mental

Familiares e pacientes são muitas vezes incompreendidos ou até mesmo marginalizados devido à expressão de ideias baseadas em conceitos mal formulados ou não esclarecidos.

É preciso compreender que as disfunções orgânicas podem acontecer por diversos motivos e, por isso, as desordens mentais e físicas podem surgir. Logo, os problemas mentais como o transtorno bipolar, tendências depressivas e picos de ansiedade se expressam como um reflexo de fatores internos e externos.

Tais questões não podem ser interpretadas como sinal de fraqueza ou falha de caráter. A verdade é que surgem por influência genética ou oriundas de alterações clínicas, sociais e de problemas familiares originados na infância ou na adolescência.

Dentre os conceitos equivocados mais preocupantes destacam-se:

  • Doenças mentais são frutos da imaginação de quem tem a mente confusa;
  • Todos os distúrbios psicológicos levam à loucura;
  • Nem adianta procurar ajuda psiquiátrica, pois nenhum desajuste mental tem cura;
  • Pacientes com problemas mentais são todos igualmente imprevisíveis ou perigosos.


Logo, é necessário combater o quanto antes a disseminação desses estigmas e mitos, pois eles colaboram para aumentar a discriminação associada à doença mental. Por conseguinte, muitas pessoas que precisam de orientação ou de tratamento são ignoradas ou desencorajadas à busca de auxílio.


Doenças mentais que podem afetar sua saúde

 
Depressão
A depressão é uma doença séria caracterizada pela oscilação do humor, que geralmente dura longos períodos. Essa doença interfere diretamente tanto na vida pessoal quanto na vida profissional da pessoa, trazendo grande sofrimento pessoal e disfunções no meio em que vive. No pior dos casos, a depressão pode levar ao suicídio. A interação entre fatores sociais, psicológicos e biológicos podem fazer com que uma pessoa desenvolva depressão.

Transtorno bipolar
Esta condição caracteriza-se por episódios de mania e depressão, intercalados por momentos de humor normal. Outras situações associadas ao transtorno bipolar nos episódios de mania são humor elevado ou irritado, excesso de atividades, autoestima elevada e menor necessidade de horas de sono.

TOC (Transtorno obsessivo-compulsivo)
O transtorno obsessivo-compulsivo é caracterizado pela presença de pensamentos obsessivos e atos compulsivos, que podem comprometer a qualidade de vida e até incapacitar uma pessoa de desempenhar as atividades corriqueiras do dia a dia. Na obsessão, a pessoa tem pensamentos intrusivos, persistentes e indesejáveis que são incontroláveis.
 
TAG (Transtorno de ansiedade generalizada)
A ansiedade é um estado de alerta quando há uma ameaça desconhecida e conflituosa. Ela é considerada normal quando acontece em algumas situações. Entretanto, quando essa preocupação se apresenta de forma excessiva e corriqueira, ela se caracteriza como um transtorno.


Dicas para a boa manutenção das funções mentais
Compreender o que é saúde mental e quais as medidas mais relevantes para prevenção e controle desse problema é fundamental. Para tanto, confira algumas sugestões que podem ser úteis para evitar os desajustes mentais.

Procure relaxar alguns minutos por dia
Priorizar atitudes para aliviar o estresse é fundamental para tornar o cotidiano mais leve e promover o equilíbrio físico e mental.

Dê atenção a quem precisa
Como uma vertente comum da vida moderna, a falta de tempo deixa as pessoas muito ocupadas e isso tem contribuído para aumentar o isolamento social. Pessoas isoladas e carentes são mais vulneráveis aos problemas depressivos.

Controle a ansiedade
Controlar a ansiedade é um grande desafio. Mas isso pode ser possível até mesmo naquelas situações muito difíceis. No entanto, é preciso treinar o cérebro para que ele aprenda a lidar com o que aparentemente nos domina.

Saia da mesmice
Ainda que os compromissos resultantes do estilo de vida moderna sejam desafiadores, convém reservar um tempinho para sair da mesmice. Aprender uma nova prática desportiva pode ser motivador.

Cuide do sono e da alimentação
Uma boa noite de repouso em um ambiente tranquilo e confortável pode garantir o descanso e o relaxamento do corpo e da mente. A fisiologia humana impõe a necessidade de um sono regular para que as funções orgânicas sejam corretamente reparadas.

Busque tratamento
Atualmente, há alternativas para garantir a promoção da estabilidade emocional e psíquica de quem está em busca de auxílio profissional. Procure ajuda e conheça as soluções que possibilitam a promoção da saúde mental e física, assim como a recuperação do bem-estar e da qualidade de vida.

------------------------------------------------------------
Hospital Psiquiátrico Porto Seguro
Agende uma consulta:
41 3019-1234 ou clique aqui





  Voltar