Dia Nacional do Farmacêutico: 20 de janeiro

 20/01/2022

Dia Nacional do Farmacêutico: 20 de janeiro

No dia 20 de janeiro, é comemorado o Dia do Farmacêutico, uma data para dar mais visibilidade e reconhecer o trabalho que esses profissionais têm realizado em prol dos cuidados com a saúde dos brasileiros.

A celebração, criada em 2007 pelo Conselho Federal de Farmácia, foi escolhida em homenagem à fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), que ocorreu no dia 20 de janeiro de 1916.

Mas quem não é do mercado pode achar que esse profissional fica atrás do balcão apenas para gerenciar e orientar o processo de compra de medicamentos da farmácia ou drogaria… Mas a profissão vai muito além!

No Brasil, o farmacêutico é multidisciplinar. Além das funções citadas acima, ele atua na saúde em sua totalidade, seja nas atenções primária, secundária ou nas emergências. De acordo com o CFF (Conselho Federal de Farmácia), mais de 220 mil profissionais trabalham em empresas ou estabelecimentos da área em todo o Brasil.

Como surgiu a profissão?

Além de trabalhar na manipulação de medicamentos, os farmacêuticos orientam as pessoas sobre o uso correto dos remédios desde a época da Idade Média. A origem das atividades ligadas à farmácia se deu a partir do século X, com o funcionamento das boticas ou apotecas.

Naquele período, o boticário era o profissional responsável pela manipulação de medicamentos e cura de doenças. Para exercer a profissão, era necessário o cumprimento de uma série de requisitos, além de se ter um local e equipamentos adequados para a preparação e armazenamento dos remédios.

No Brasil, a profissão surgiu no período colonial e, geralmente, o boticário manipulava e produzia o medicamento na frente do próprio paciente.

Com o passar dos anos, a importância da profissão foi sendo cada vez mais notada e reconhecida.

Afinal, o que faz um farmacêutico?

O farmacêutico é um profissional da área da saúde. Essa profissão foi evoluindo ao longo dos séculos, substituindo os antigos boticários, que vendiam e produziam medicamentos a partir de ativos naturais. Atualmente, o farmacêutico desenvolve remédios a partir, principalmente, de componentes sintéticos.
O farmacêutico é um profissional perito no uso de medicamentos e fármacos, bem como em suas consequências no organismo humano ou animal. Ele trabalha no desenvolvimento, produção, análise, manipulação e dispensação de remédios, fármacos e medicamentos.

Principais áreas de atuação

  1. Farmácia clínica
    É possível atuar diretamente com pessoas, revisando, conciliando ou acompanhando tratamentos farmacológicos, garantindo que o medicamento indicado seja usado de modo correto.

  2. Farmácia veterinária
    Assim como as pessoas, muitos animais necessitam fazer o uso de remédios para tratar doenças. O farmacêutico também pode trabalhar em um hospital veterinário ou em um pet shop, auxiliando na orientação dos donos dos animais sobre a administração e o uso correto das doses dos remédios.

  3. Saúde pública
    Existem diversas atividades que podem ser feitas pelo profissional, como: orientação de profissionais, supervisão de logística envolvendo remédios, prescrição de medicamentos, saúde coletiva e ambiental, controle de pragas e vetores urbanos, entre outros.

  4. Cosmetologia
    Além da saúde, a preocupação com a estética e o bem-estar da pele também são aspectos que fazem parte da vida de muitos pacientes. Trata-se do segmento da ciência farmacêutica voltado à pesquisa, ao teste, à elaboração e à comercialização de produtos cosméticos.

  5. Perícia criminal
    Entre as suas responsabilidades estão analisar as amostras coletadas pelos peritos locais na cena do crime, como sangue e demais vestígios de DNA. Para ingressar na perícia criminal como farmacêutico, também é necessário passar por um concurso público, já que os empregadores são geralmente órgãos ligados à polícia.

  6. Farmácia Industrial
    Trata-se de uma profissão que também tem muita importância quanto ao bem-estar da sociedade, uma vez que lida com o controle de qualidade dos medicamentos que curam e/ou aliviam os sintomas das mais variadas doenças.

  7. Indústria alimentícia
    Entre as funções deste profissional, podemos listar: elaboração de fórmulas para a obtenção de alimentos para consumo humano e animal; análise toxicológica e controle microbiológico da produção; e fiscalização das normas referentes à indústria junto à vigilância sanitária etc.

5 funções principais do farmacêutico

  1. Tirar dúvidas sobre bem-estar, medicamentos e interações medicamentosas, gerando confiança;

  2. Orientar clientes, evitando assim o mau uso de medicamentos, o autodiagnóstico e outros males;

  3. Realizar exames laboratoriais de forma rápida, prática e segura, muitas vezes auxiliando o sistema hospitalar;

  4. Proporcionar uma proximidade maior com o cliente, garantindo maior qualidade de atendimento para a população;

  5. Contribuir cientificamente com pesquisas e desenvolvimento de serviços e de produtos para a sociedade.

Neste Dia do Farmacêutico, nossa homenagem aos profissionais que dedicam todos os seus conhecimentos em benefício do próximo.

----------------------------
Hospital Psiquiátrico Porto Seguro
Agende uma consulta:
41 3019-1234 ou clique aqui


TAGS


  Voltar